Índia prorroga isolamento social até três de maio

Havana, 14 de abril (RHC).- A Índia prorrogou até três de maio o confinamento social decretado para evitar a propagação da Covid-19 entre seus 1.300 milhões de habitantes.

O primeiro-ministro, Narendra Modi, sublinhou que o sacrifício econômico é necessário para salvar vidas e chamou a população a manter a disciplina mostrada nas primeiras três semanas.

“Do ponto de vista econômico, sem dúvida parece oneroso agora, mas comparado com as vidas dos cidadãos indianos, não há comparação”, declarou o premiê em discurso televisado à nação. Indicou que o número de contagiados ultrapassou o patamar dos 10 mil, com 339 mortes. Os especialistas acreditam que a estatística não espelha a realidade pelo baixo nível de testes feitos nesse país. Avertem que na Índia uma transmissão fora de controle da Covid-19 significaria um desastre, levando em conta que milhões de pessoas nesse país vivem em bairros marginais com alta concentração de moradores e um sistema de assistência médica sobrecarregado.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up