Grupo de Puebla pede ao Brasil medidas efetivas para frear a pandemia

Havana, 14 de abril (RHC).- O Grupo de Puebla pediu ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, tomar medidas efetivas para evitar mais contágios e mortes pela Covid-19 nesse país.

O comunicado considera “muito preocupantes as ações do mandatário e adverte que seus chamamentos “para romper as medidas de segurança sanitária constituem um crime de lesa humanidade”. O Grupo de Puebla é integrado por líderes políticos da América Latina.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up