Anunciam no México ordens de detenção de envolvidos em morte de 43 estudantes em 2014

Havana, 3 de junho (RHC).- O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, anunciou que o judiciário emitiu ordens de detenção contra funcionários públicos envolvidos no assassinato de 43 jovens estudantes da Escola Normal de Ayotzinapa.

O crime ocorreu em setembro de 2014 mas ainda não concluíram as investigações.

Em coletiva de imprensa, o mandatário considerou que se trata de um “assunto de Estado, uma espinha cravada que dói ao México que não deve cair no esquecimento”.

Garantiu que neste caso “não vai funcionar o chamado pacto de silêncio”. Um dos pontos a esclarecer é a papel do batalhão do Exército estacionado na localidade de Iguala.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up