China condena “repressão irracional” dos EUA contra empresas dessa nação

Havana, 16 de novembro (RHC).- A China considerou ilegais a novas sanções anunciadas pelos EUA e condenou a “repressão irracional” contra o setor empresarial dessa nação asiática.

“Catalogar essas empresas como controladas pelos militares supõe ignorar os fatos. Não tem base nem princípio legal algum”, afirmou um porta-voz do ministério do Comércio.

Sublinhou que as operações noutros países são feitas respeitando suas leis e regulamentos. “As ações de uns poucos não poderão reprimir as forças do mercado”, apontou.

Na quinta-feira passada, o presidente Donald Trump acusou o governo chinês de obrigar companhias privadas do país a apoiarem suas atividades militares e de segurança, e emitiu decreto, a entrar em vigência em 11 de janeiro, para proibir todo tipo de investimento nelas.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up