México protesta contra espionagem dos EUA

Havana, 21 de outubro (RHC).- O governo do México reiterou sua rejeição às ações de espionagem dos EUA contra instituições e cidadãos desse país.

“Essa prática é inaceitável, ilegítima e contrária ao direito internacional”, indica comunicado da chancelaria mexicana. O texto se refere a revelações feitas no domingo pela revista alemã “Der Spiegel” em torno de que, em 2010, os órgãos de inteligência norte-americanos tiveram acesso ilegal aos correios eletrônicos do então presidente Felipe Calderón e de ministros do seu gabinete.

Em setembro passado tinham sido reveladas operações semelhantes contra o atual presidente mexicano Enrique Peña Nieto e a chefe de Estado brasileira Dilma Rousseff.

 

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up