Continuam protestos no México por desaparecimento de 43 estudantes

Havana, 24 de outubro (RHC).- Membros da Coordenadora Estadual de Trabalhadores da Educação de Guerrero, no México, tomaram a prefeitura de Acapulco de maneira pacífica para protestar pela lentidão nas investigações sobre o desaparecimento de 43 estudantes da escola de formação de professores rurais de Iguala.

Os jovens foram sequestrados pela polícia da localidade e entregues ao bando criminoso Guerreros Unidos no final do mês passado. Desde então, não se sabe o que aconteceu com eles. Walter Añorve, representante da Coordenadora, disse que o objetivo dos protestos é exigir justiça.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up