Evo Morales denuncia participação dos EUA em campanha de difamação

Havana, 12 de fevereiro (RHC).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, denunciou que a guerra suja da direita contra seu governo é preparada desde os EUA, e garantiu que apesar da campanha de difamação o SIM ganhará no referendo constitucional do dia 21 deste mês.

Na votação, os bolivianos decidirão a possibilidade de autorizar a candidatura de Evo para um terceiro mandato, modificando a Carta Magna. Em declarações ao canal Bolivisión, o chefe de Estado sublinhou que as autoridades defendem a soberania política e econômica do país, e rechaçam se submeter ao Fundo Monetário Internacional e ao Banco Mundial, como acontecia com governos anteriores.

 

Editado por Yusvel Ibáñes Salas



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up