UNICEF adverte sobre possível morte de 69 milhões de crianças de causas evitáveis

Havana, 29 junho (RHC).- UNICEF – Fundo da ONU para a Infância – advertiu: se não mudar a tendência atual, calcula-se para 2030 a morte de 69 milhões de crianças de causas evitáveis, 167 milhões viverão na pobreza e 750 milhões de mulheres casarão sendo menores de idade.

Em seu último relatório, UNICEF adverte que os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável dificilmente serão alcançados a não ser que o mundo concentre seus esforços na situação das crianças mais vulneráveis e que os governos, as empresas e as organizações internacionais acelerem esforços para satisfazer as necessidades básicas da infância.

O texto argumenta que a desigualdade não é inevitável nem insuperável e que é necessário obter melhores informações sobre as crianças vulneráveis a fim de aplicar soluções integrais aos desafios que enfrentam, realizar investimentos mais equitativos e aumentar a participação das comunidades com o objetivo de alcançar igualdade de oportunidades para todas as crianças.

Editado por Yusvel Ibáñes Salas



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up