Cuba afirma que é preciso nova ordem econômica para alcançar igualdade de gênero

Havana, 11 de outubro (RHC).- Cuba afirmou que para alcançar a igualdade de gênero é preciso modificar a ordem econômica internacional, tornando-a justa e equitativa, e erradicar a pobreza e a fome.

Ao falar na terceira comissão da Assembleia Geral da ONU, a representante alterna, Ana Silvia Rodríguez, destacou a inserção das mulheres no mercado de trabalho em Cuba, e o índice de desemprego de menos de 3,5% nesse segmento da população. Lembrou que as mulheres ocupam quase a metade das cadeiras no Parlamento e no Conselho de Estado.

 

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up