Cuba chama na ONU a não usar direitos humanos como instrumento de agressão

Havana, 2 de novembro (RHC).- Cuba chamou na ONU a não utilizar o tema dos direitos humanos para justificar políticas de agressão contra países soberanos e moeda de câmbio para submeter seus governos.

A diplomata Vilma Thomas, falando na Terceira Comissão, disse que os desafios nessa área devem ser enfrentados a partir da ajuda internacional e do intercâmbio respeitoso. E ressaltou a importância da coordenação nesse trabalho, tendo em vista que muitos problemas desse tipo são semelhantes em várias nações.

 

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up