Díaz-Canel assina livro de condolências na embaixada russa em Havana

Havana, 22 de dezembro (RHC).- O primeiro vice-presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, assinou o livro de condolências aberto na embaixada da Rússia em Havana pelo assassinato do embaixador desse país na Turquia. O diplomata foi baleado por um terrorista na inauguração de uma exposição fotográfica.

Díaz-Canel enviou as condolências em nome do governo e povo de Cuba. O crime ocorreu na segunda-feira passada.

 

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up