Solidariedade em Cuba ao ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva

Foto:Archivo.

Havana, 14 de agosto (RHC).- Representantes de organizações e movimentos sindicais do continente americano, reunidos em Havana, exigiram a liberdade do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, condenado sem provas concretas a 12 anos de cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro.

Marcelo Durão, do MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Brasil, referiu-se à falsa democracia criada pela direita dessa nação e apontou que o povo tomou as ruas para exigir a anulação da sentença contra Lula.

Quanto ao líder histórico da Revolução cubana, Fidel Castro, cujo aniversário 92 de nascimento foi comemorado ontem, Durão destacou o compromisso de Cuba e do mundo para manter vigentes seus pensamentos de liberdade, solidariedade e independência.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up