Faleceu a heroína cubana Melba Hernández

Havana, 10 de março (RHC).- A revolucionária cubana Melba Hernández, membro do Comitê Central do Partido Comunista e deputada na Assembleia Nacional, faleceu em Havana aos 93 anos de idade por problemas decorrentes da diabetes.

Melba participou ativamente da luta contra a ditadura de Fulgencio Batista na década de 1950. Integrou o grupo que atacou o Quartel Moncada, em Santiago de Cuba, em 26 de julho de 1953, sob o comando de Fidel Castro. Após sair da prisão, ajudou a organizar a expedição do iate “Granma”, cujo propósito era iniciar a luta guerrilheira nas montanhas da Serra Maestra, e incorporou-se ao Exército Rebelde.

Melba Hernández desempenhou importantes responsabilidades depois da vitória da Revolução em 1959, entre elas a de embaixadora de Cuba no Vietnã e no Camboja. Foi membro da executiva do Conselho Mundial da Paz, dirigiu o Centro de Estudos sobre Ásia e Oceania, e foi secretária geral da OSPAAL, Organização de Solidariedade aos Povos da Ásia, África e América Latina, além de ser fundadora do Partido Comunista de Cuba.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up