Cuba envia condolências pela morte do ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan

Havana, 20 de agosto (RHC).- O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, lamentou o falecimento do ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, a quem qualificou de filho destacado da África e promotor do multilateralismo.

Em carta enviada a Antonio Guterres, que ocupa o cargo atualmente, Díaz-Canel transmitiu as condolências do povo e governo de Cuba e recordou as visitas de Annan a esta nação, principalmente sua presença na 14ª Cúpula do Movimento dos Países Não Alinhados, realizada em Havana em 2006.

Kofi Annan recebeu o prêmio Nobel da Paz em 2001.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up