Homenagens às vítimas do atentado de 1976 contra avião civil cubano

Havana, 5 de outubro (RHC).- Em Havana prestou-se homenagem às vítimas do atentado a bomba contra um avião civil cubano em seis de outubro de 1976. A aeronave explodiu no ar logo depois de decolar de Barbados e caiu no mar matando os 73 passageiros e tripulantes.

A ação terrorista foi planejada por Luis Posada Carriles e Orlando Bosch, ambos ligados à CIA – Agência Central de Inteligência dos EUA. Os dois contaram com o apoio do governo dos EUA até falecerem em Miami.

No ato, o ex-chanceler cubano Ricardo Alarcón tachou de monstruoso o atentado e lembrou que entre as vítimas estavam 57 cidadãos cubanos, 11 da Guiana e cinco coreanos, inclusa a seleção juvenil de esgrima de Cuba que voltava de um torneio internacional.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up