Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Cresce rechaço à agressividade dos Estados Unidos contra Cuba

Havana, 19 abril (RHC).- Mensagens de Rússia, China, Bélgica e México chegaram a Havana em rechaço ao endurecimento da agressividade do governo dos Estados Unidos contra Cuba após ter sido anunciada a implementação do Capítulo 3 da Lei Helms-Burton.

A porta-voz da Chancelaria russa Maria Zaharova reiterou que seu país impugna as sanções unilaterais e realçou que só seriam legítimas se fossem avalizadas pelas Nações Unidas.

Por sua vez, a China manifestou que se opunha às medidas da Casa Branca que endurecem o bloqueio econômico, comercial e financeiro contra Cuba Realçou que constituem um obstáculo para o desenvolvimento social e econômico e bem-estar do povo cubano.

Comunicado da Secretaria de Relações Exteriores do México sublinha que o governo desse país lamenta a decisão de Washington de implementar pela primeira vez na história o Capítulo 3 da Lei Helms-Burton.

A partir do dia 2 de maio, os cidadãos norte-americanos poderão entrar com ações na justiça contra empresas que estejam fazendo uso de propriedades nacionalizadas após a vitória da Revolução cubana em 1959.

A medida pretende privar Cuba do investimento estrangeiro necessário para seu desenvolvimento social e econômico e agride seus parceiros atuais e futuros.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

6640336

  • maxima: 19729
  • yesterday: 4088
  • today: 4501
  • online: 186
  • total: 6640336