Presidente Díaz-Canel afirma que Venezuela sempre poderá contar com Cuba

Havana, 3 de junho (RHC).- O presidente Miguel Díaz-Canel afirmou que a Venezuela sempre poderá contar com Cuba, referindo-se ao agradecimento do seu homólogo Nicolás Maduro à decisão de receber quatro crianças venezuelanas para prestar-lhes atenção médica especializada neste país.

No Twitter, Díaz-Canel indicou que a recuperação da saúde dos menores estava em risco por causa das sanções financeiras impostas pelos EUA à nação sul-americana. As restrições às transações da estatal petroleira venezuelana PDVSA e o confisco de sua filial CITGO em território norte-americano, junto com o bloqueio de contas em bancos de terceiros países, dificultam a aquisição de medicamentos e o pagamento de tratamentos de saúde no exterior.

Noutra mensagem, o mandatário felicitou o primeiro secretário do Partido Comunista de Cuba, Raúl Castro, que cumpre nesta segunda-feira 88 anos de idade. “Nos ensinou, no momento mais difícil, que sim é possível”, indica o texto, e ressalta que Raúl é um exemplo de coragem, lealdade, firmeza de princípios, honestidade, modéstia e consagração.

Também no Twitter, Díaz-Canel afirmou que a lei norte-americana Helms – Burton é ilícita, inaplicável e sem valor nem efeito jurídico. E recordou que nesse mesmo ano, 1996, Cuba aprovou a Lei de Reafirmação da Dignidade Cubana, em resposta a essa medida agressiva dos EUA.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up