Chefe de Estado angolano condecora Raúl Castro e Díaz-Canel

Havana, 2 de julho (RHC).- O chefe de Estado angolano, João Lourenço, condecorou em Havana o primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba, Raúl Castro, e o presidente Miguel Díaz-Canel com a Ordem Agostinho Neto, a mais alta concedida pela nação africana.

Lourenço realiza visita oficial a esta Ilha. A distinção foi entregue, também, ao ministro das Forças Armadas Revolucionárias, Leopoldo Cintra, ao general Ramón Espinosa e ao general de Brigada Raúl Díaz Arguelles, este em caráter pós mortem.

Foto: PL.

Por sua vez, o Conselho de Estado de Cuba condecorou o presidente angolano com a Ordem José Martí, a mais importante do país, levando em conta seus méritos e valores desde os anos da guerra. Lourenço recebeu a distinção de mãos de Raúl Castro.

Ontem em palestra magistral na Universidade de Havana, o chefe de Estado angolano destacou a ajuda desinteressada de Cuba a seu país e a outras nações, principalmente do continente africano, apesar do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA há quase 60 anos. Disse que apesar do cerco de Washington, os cubanos alcançaram níveis altíssimos na educação, saúde e pesquisa científica.

Lourenço destacou que os professores e profissionais da saúde de Cuba prestam sua colaboração em comunidades carentes no mundo todo.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up