Companhia norte-americana Amazon demandada por violar bloqueio a Cuba

Havana, 27 de setembro (RHC).- A companhia norte-americana Amazon foi alvo de uma demanda apresentada num tribunal da Flórida por violar as regras do bloqueio econômico, comercial e financeiro a Cuba, especialmente o título Três da Lei Helms-Burton, ativado este ano.

O recurso foi solicitado pelo neto do outrora proprietário de uma fazenda no leste de Cuba, nacionalizada pela lei de Reforma Agrária após a vitória da Revolução em 1959. Amazon, gigante do comércio eletrônico, é acusada de veicular no seu site a venda de carvão vegetal cubano procedente dessas terras.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up