Continuam protestos no Equador

Havana, 8 de outubro (RHC).- Organizações indígenas, camponesas, estudantis e sindicais do Equador continuam nesta terça-feira os protestos contra o pacote de medidas neoliberais imposto pelo governo do presidente Lenin Moreno, e anunciaram para amanhã uma paralisação nacional.

A estrutura da Presidência foi transferida do Palácio de Carondelet para a cidade de Guayaquil ante a proximidade de milhares de manifestantes e a chegada à capital de representantes de povos indígenas que aderiram à mobilização.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up