Conselho de Igrejas de Cuba rechaça bloqueio norte-americano ao país

Havana, 1º de novembro (RHC).- O Conselho de Igrejas de Cuba rechaçou o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA a Cuba desde o começo dos anos 60, endurecido nos últimos meses com a ativação plena da Lei Helms-Burton.

O presidente do Conselho, Antonio Santana, leu a declaração na qual se tacha de aberração a política hostil de Washington, e sublinha que é rechaçada de maneira quase unânime pela comunidade internacional. E chama as organizações religiosas do mundo todo a defenderem a paz e o fim do cerco a Cuba.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up