Presidente Díaz-Canel rejeita nova manobra dos EUA contra Cuba

Havana, 5 de novembro (RHC).- O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, rechaçou nova manobra dos EUA em sua política hostil contra esta Ilha.

No Twitter, denunciou as pressões exercidas pelo governo norte-americano sobre países latino-americanos para que não votem a favor da resolução a ser apresentada por Cuba na ONU que pede o fim do bloqueio econômico, comercial e financeiro vigente há quase 60 anos.

O documento será votado nesta semana na Assembleia Geral do organismo, que nos últimos 27 anos tem aprovado resoluções semelhantes por imensa maioria.

Díaz-Canel garantiu que Cuba não está sozinha, seja qual for o nível de chantagem aplicado por Washington. Exemplo disso é a confiança e interesse no mercado cubano manifestada por empresários estrangeiros presentes na Feira Internacional de Havana, em curso nesta capital.

O chanceler Bruno Rodríguez, expressou-se em termos semelhantes. Sublinhou que as pressões norte-americanas são exercidas sobre os governos de seis países desta região.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up