Presidente cubano exige fim imediato do bloqueio norte-americano

Havana, 7 de novembro (RHC).- O presidente Miguel Díaz-Canel exigiu o fim imediato do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA a Cuba há quase 60 anos, endurecido nos últimos meses com a ativação plena da Lei Helms-Burton.

No Twitter, afirmou que o povo cubano continuará demandando em todos os foros a eliminação dessa política criminosa.

Noutra mensagem, referiu-se à matéria redigida pelo líder histórico da Revolução, Fidel Castro, publicada em sete de novembro de 2008, intitulada “O terceiro furacão”. Nela, Fidel rechaçou os intentos dos que sonhavam com colocar Cuba de joelhos através do cerco econômico, e advertiu que se os EUA voltassem a cometer esse erro, poderiam ficar outro meio século aplicando essa política inútil, caso o império fosse capaz de durar tanto tempo.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up