Diaz-Canel repudia calúnias dos EUA contra profissionais da saúde cubanos

Havana, 20 novembro (RHC).- O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez repudiou as novas calúnias do governo dos EUA contra profissionais cubanos da saúde e afirmou que o mundo sempre contará com a vocação humanista e solidária dos médicos da Ilha.

Em sua conta no Twitter, Diaz-Canel insiste em que Washington semeia o ódio contra Cuba amparado em injúrias para justificar o fracasso de uma política que jamais fará o povo cubano ceder ante as ameaças imperiais.

A moral de nossos cooperantes da saúde vence ante a perversidade, asseverou o presidente cubano ao se referir às recentes declarações de Mike Pompeo, secretário de Estado norte-americano, sobre a saída dos médicos cubanos da Bolívia.

Em sua mensagem, Pompeo falou de expulsão de centenas de cooperantes cubanos e comemorou como ação positiva do governo golpista, ao invés de realçar que a saída foi uma decisão soberana de Cuba.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up