Diaz-Canel: sempre unidos, organizados e mobilizados

Havana, 22 novembro (RHC).- O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel Bermúdez afirmou na mais recente reunião do Conselho de Ministros que não vamos renunciar às conquistas e aos sonhos que só podem se tornar realidade em nosso socialismo, em constante aperfeiçoamento e que estamos dispostos a defender pelo preço que for necessário.

O presidente cubano exortou a estar “sempre unidos, organizados, mobilizados”. Não podemos dar espaço a fraturas, manipulações, ingerências e provocações, disse.

Avaliando a situação no país, se referiu ao endurecimento do bloqueio imposto pelo governo dos EUA que aplica mais e mais medidas para entorpecer a vida na Ilha, como por exemplo, o desabastecimento de combustíveis, realça artigo publicado no jornal Granma.

Comentou a realidade que vive América Latina, onde muitos povos saem às ruas, triunfam processos de esquerda e a direita volta mais agressiva, como no caso da Bolívia. Nesse contexto – salientou – aumenta a ingerência e a agressão a Cuba, Venezuela e Nicarágua.

“Estão na moda receitas, sem levar em conta a complexidade da vida do povo cubano em condições de brutal bloqueio e sem levar em conta, também, que escolhemos nosso caminho há muito tempo, sob os princípios bem definidos de independência”, afirmou Diaz-Canel.


 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up