Grupo do Parlamento Europeu rechaça bloqueio norte-americano a Cuba

Havana, 29 de fevereiro (RHC).- A espanhola Iratxe García, presidente do Grupo da Aliança Progressista de Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu, rechaçou o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA a Cuba, vigente desde o começo da década de 1960.

“Desde nosso grupo político denunciamos sempre as sanções ilegais dos EUA e a Lei Helms-Burton, contrárias ao direito internacional, que pretendem afogar a economia desta Ilha e castigam a esmo toda a sociedade”, declarou em Havana. García visita Cuba junto com membros desse bloco parlamentar.

Indicou que o cerco de Washington prejudica o país, a cidadãos cubanos e aos de outras nações, inclusive da Europa. E sublinhou o fato de a União Europeia ser o segundo parceiro comercial da Ilha. “A política de cooperação da União Europeia com Cuba está possibilitando o andamento de programas de segurança alimentar, agricultura sustentável e energia renovável, questões fundamentais para poder avançar e reduzir os efeitos do bloqueio”, apontou a eurodeputada.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up