Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Julian Assange condena bloqueio dos EUA a Cuba

Havana, 27 de setembro (RHC).- O fundador do portal na internet WikiLeaks, Julian Assange, disse que o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA a Cuba desde o começo da década de 1960 é imoral, e se interessou pelo efeito dessa medida no país caribenho.

“A situação que Cuba tem enfrentado nos últimos 50 anos é muito interessante e importante para mim, porque há três anos venho lutando contra um bloqueio a minha organização e minha gente”, afirmou Assange durante uma videoconferência Havana-Londres, que enlaçou o Centro de Informação para a Imprensa, na capital cubana, e a embaixada do Equador na Grã-Bretanha, onde está refugiado. O fundador de WikiLeaks elogiou a determinação, humanismo, ética e inteligência do povo cubano na luta contra essa política dos EUA, e externou seu apoio à campanha pela liberdade dos Cinco.

“Acredito no direito dessas pessoas. O caso dos Cinco é muito politizado, abertamente politizado”, apontou Assange ao abordar o processo manipulado pelo governo norte-americano e a extrema-direita para condenar Ramón, Gerardo, Fernando, Antonio e René. Os cinco cubanos foram detidos na Flórida em 1998 quando tratavam de monitorar as atividades de grupos terroristas que operam contra Cuba a partir do território norte-americano.

Da videoconferência Havana-Londres participaram jornalistas, estudantes e blogueiros de várias cidades cubanas.

Editado por Juan Leandro
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

3860641

  • maxima: 19729
  • yesterday: 4037
  • today: 3780
  • online: 177
  • total: 3860641