Presidente cubano exorta a aderir ao isolamento social

Havana, 28 de março (RHC).- O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, exortou a população a evitar sair desnecessariamente às ruas neste fim de semana para evitar a propagação do novo coronavírus, aderindo ao isolamento social.

Falando na reunião diária para examinar a situação e coordenar as ações governamentais para enfrentar a pandemia, Díaz-Canel chamou à disciplina, controle e bom comportamento. Disse que o sistema de saúde criou as condições para intensificar a pesquisa nos bairros, casa por casa, e sublinhou que a maioria da população apoia as medidas adotadas, reconhece o papel do pessoal de saúde e exorta a cumprir as leis aos que tratam de violá-las.

O mandatário leu a mensagem de agradecimento do primeiro paciente cubano recuperado da doença, Jesus Álvarez. No texto, o jovem garante que sempre confiou nos médicos e no sistema de saúde do país.

Ontem, o ministro da Saúde Pública, José Angel Portal, informou sobre o primeiro caso de transmissão local da Covid-19 no país. Disse que ocorreu no município de Cárdenas, na província de Matanzas, e revelou que a fonte de contágio foi um grupo de turistas italianos. O paciente e os contatos estão isolados em vigilância epidemiológica. Deles já deram positivo quatro parentes e um amigo.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up