Presidente cubano chama todos a colaborar no enfrentamento à Covid-19

Havana, 7 de abril (RHC).- O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, chamou todos os cidadãos a colaborar na prevenção e controle da Covid-19, e a agir com responsabilidade e disciplina.

Exortou as pessoas a falarem com honestidade se têm sintomas da doença quando os que fazem a pesquisa casa por casa lhe perguntarem. Não devem ocultar essa informação, indicou, referindo-se à identificação de casos suspeitos para poder cortar a eventual transmissão.

“Nós estamos numa luta para salvar a vida das pessoas e evitar a propagação da enfermidade”, sublinhou Díaz-Canel. Isolar os que são potencialmente doentes ou portadores é a maneira mais efetiva que temos para controlar a transmissão, indicou.

Por sua vez, em coletiva de imprensa nesta terça-feira, o diretor nacional de Epidemiologia do ministério da Saúde Pública, doutor Francisco Durán, informou da detecção de 46 novos casos no país, para um total de 396. Deles, 12 estão internados em UTIs em estado crítico, e três graves. Até o momento são 11 os falecidos pela Covid-19 em Cuba. O doutor Durán explicou que no país já foram dados de alta hospitalar 27 pacientes.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up