Deputado francês considera “assassino” o bloqueio norte-americano a Cuba

Havana, 17 de abril (RHC).- O deputado francês André Chassaigne, presidente do Grupo da Esquerda Democrata e Republicana na Assembleia Nacional, afirmou que o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA a Cuba há quase 60 anos é hoje ainda mais “assassino” em meio à pandemia da Covid-19.

Em declarações à agência Prensa Latina, disse que o cerco tem o propósito de privar a população de produtos de primeira necessidade, como alimentos e medicamentos, e frear o desenvolvimento da economia desta Ilha. “Se antes essa agressividade endurecida pelo presidente Donald Trump era absolutamente inaceitável, nas circunstâncias atuais da batalha contra o vírus, que envolve todos os países, indigna mais ainda”, sublinhou o legislador francês.

Disse que ninguém deveria permanecer insensível ante o fato de o bloqueio de Washington impedir a chegada de máscaras e outros insumos médicos a Cuba, e destacou a colaboração médica cubana a outros países para enfrentar o coronavírus. “Os médicos cubanos voltam a demonstrar que são um exemplo pela sua disposição de compartilhar seus conhecimentos e experiências com outros povos em momentos tão difíceis”, apontou André Chassaigne.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up