Presidente cubano ressalta aniversário 125 da morte em combate de José Martí

Havana, 19 de maio (RHC).- O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, ressaltou o aniversário 125 da morte em combate do Herói Nacional, José Martí, ocorrida em 19 de maio de 1895.

“Tomba em combate o Apóstolo, que em carta inconclusa adverte sobre o perigoso plano do império contra Cuba e Nossa América. A história confirmou seu vaticínio e afirmou nossa rebeldia”, postou no Twitter.

Díaz-Canel referiu-se à carta póstuma de Martí na qual alertou sobre as intenções dos EUA de se apoderarem desta Ilha e dos territórios da América. “Já estou todos os dias em perigo de dar minha vida pelo país e por meu dever (...) de impedir em tempo, com a independência de Cuba, que se estendam pelas Antilhas os EUA e caiam, com essa força mais, sobre nossas terras da América”, expressava o Herói Nacional naquele documento.

A carta foi redigida em 18 de maio de 1895 no acampamento de Dos Rios, no leste de Cuba, na véspera do combate fatal contra forças do regime colonial espanhol. José Martí foi o principal organizador da última fase da guerra de independência.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up