Destacam esforço de toda a população na luta contra a Covid-19 em Cuba

Havana, 27 de maio (RHC).- O esforço de toda a população no enfrentamento à Covid-19 em Cuba foi destacado na reunião diária para conferir a situação epidemiológica do país e as medidas encaminhadas a vencer a pandemia e voltar à normalidade. Estavam presentes o presidente Miguel Díaz-Canel e o primeiro-ministro Manuel Marrero.

O ministro da Saúde Pública, José Angel Portal, afirmou que continua diminuindo o número de pessoas internadas com a enfermidade, e também das que estão nos centros de isolamento e vigilância sanitária para contatos e casos suspeitos. Somente cerca de 8% dos contagiados se mantêm hoje sob tratamento em hospitais. No país, todos os positivos são internados mesmo sem apresentarem sintomas. Nos últimos 15 dias, a incidência tem sido maior nas províncias de Havana e Matanzas.

Por sua vez, o ministro de Indústrias, Eloy Álvarez, disse que apesar da pandemia, foram mantidas as principais linhas de produção, inclusa a de cloro, um dos itens mais utilizados no enfrentamento ao novo coronavírus, e a de artigos de proteção individual como as máscaras faciais destinadas ao pessoal das instalações de saúde.

Na reunião, o ministro da Construção, René Mesa, falou sobre as obras em andamento, entre elas as do programa habitacional e a remodelação e manutenção das instalações hospitalares, policlínicas, centros de isolamento e demais envolvidas na luta contra a Covid-19. Disse que está sendo promovido o uso dos recursos disponíveis em cada localidade.

O premiê Manuel Marrero sublinhou que muitas das medidas de prevenção adotadas ante a presença do novo coronavírus permanecerão durante o processo de volta à vida normal no país, e disse que a maneira em que se atuou até agora vai facilitar essa transição.

Nesta quarta-feira, o doutor Francisco Durán, diretor nacional de Epidemiologia do ministério da Saúde, informou que Cuba teve mais um dia sem óbitos pela Covid-19. São 82 os falecidos desde que começou a pandemia. Ontem foram diagnosticados 11 casos positivos. Dos 1.974 contagiados, 1.724 já voltaram a suas casas após receberem alta clínica.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up