Movimento Não Alinhado condena recente atentado contra embaixada cubana em Washington

Havana, 2 de junho (RHC).- O Movimento dos Países Não Alinhados condenou o recente ataque terrorista contra a embaixada cubana em Washington, EUA.

Em 30 de abril passado, um indivíduo atirou 32 vezes com um fuzil AK-47 contra o imóvel. Não houve feridos, mas sim danos materiais. O agressor foi detido pela polícia local, mas até hoje o governo norte-americano não se pronunciou contra essa ação.

O comunicado dos Não Alinhados expressa preocupação pelo silêncio da Casa Branca, e rechaça a politização da luta contra o terrorismo, e menciona como exemplo a inclusão de Cuba na lista elaborada unilateralmente pelos EUA de países que supostamente não colaboram para enfrentar esse flagelo.

Também lembra às autoridades estadunidenses sua obrigação de dar proteção às sedes diplomáticas credenciadas no seu território, inclusas as relacionadas com a ONU – Organização das Nações Unidas, e ao pessoal que trabalha nelas.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up