Cuba chama a defender direitos das crianças

Havana, 12 de junho (RHC).- Cuba chamou a defender os direitos das crianças. Em mensagem no Twitter pelo Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, o chanceler Bruno Rodríguez disse que os menores são a “esperança do mundo”.

Destacou a necessidade de proteger esse segmento da população contra males como a prostituição infantil, o trabalho forçado e o recrutamento para conflitos armados.

Por sua vez, a OIT – Organização Internacional do Trabalho apontou que os menores de idade são os primeiros em sofrer as consequências de crises como a gerada pela Covid-19. Indica que 152 milhões de crianças no mundo estão em condições de trabalho infantil, das quais 72 milhões realizam tarefas perigosas.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up