Presidente Díaz-Canel chama a maior responsabilidade ao iniciar fase pós-pandemia em Cuba

Havana, 17 de junho (RHC).- O presidente Miguel Díaz-Canel chamou a população a um comportamento mais responsável para evitar o ressurgimento da Covid-19 no país na fase pós-pandemia. Amanhã dará início a primeira etapa do relaxamento em todas as províncias, exceto em Havana e Matanzas, onde ainda são detectados casos positivos.

“Fazer as coisas bem nos permitirá ir avançando rumo à normalidade no resto do país de uma maneira mais segura, eficiente e consolidada”, apontou Díaz-Canel na reunião diária sobre a situação epidemiológica em Cuba. “Isso vai gerar novas experiências em torno de como devemos trabalhar nesse passo à recuperação”, indicou.

Contudo, frisou que o distanciamento social será mantido nas três fases do processo como uma das formas efetivas para conter a propagação do coronavírus. Também, as medidas de higiene adotadas nos últimos meses dentro e fora de casa. O mandatário chamou a intensificar as medidas em Havana e Matanzas, consideradas a cauda da pandemia, para poder iniciar a normalização nesses territórios.

Nesta quarta-feira, o doutor Francisco Durán, diretor nacional de Epidemiologia do ministério da Saúde Pública, informou de sete novos casos da Covid-19, todos diagnosticados na capital. No total, são 2.280 contagiados em Cuba desde o começo da pandemia. Ontem não se registraram óbitos, portanto, se mantém em 84 o número de falecidos pela doença.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up