Presidente Díaz-Canel garante continuidade da obra do Historiador de Havana

Havana, 3 de agosto (RHC).- O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, garantiu a continuidade da obra de resgate do patrimônio e da memória coletiva empreendida pelo Historiador de Havana, Eusebio Leal, falecido na sexta-feira passada aos 77 anos de idade, e disse que o país defenderá seu legado.

No Twitter, colocou um enlace com o jornal “Juventud Rebelde” que publicou opiniões de personalidades da cultura e da política sobre Leal, artífice dos projetos de restauração e preservação do centro histórico da capital cubana, tombada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

No sábado, Cuba esteve de luto oficial em homenagem ao renomado historiador e intelectual. As cerimônias foram adiadas por causa das medidas de contenção do novo coronavírus.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up