Destacam na França obra do Historiador de Havana

Havana, 4 de agosto (RHC).- A Associação Cuba Sim França qualificou de “colossal” a obra do Historiador de Havana, Eusebio Leal, falecido na sexta-feira passada aos 77 anos de idade, referindo-se ao projeto de restauração e preservação do patrimônio arquitetônico e histórico da capital cubana.

Esse trabalho foi iniciado há décadas e levou em 1982 à UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura a declarar Patrimônio da Humanidade a chamada Havana Velha, que concentra a parte antiga da cidade.

“Compartilhamos a dor dos havanenses, de todo o povo e do governo cubano, e lhes transmitimos nossas sinceras condolências”, indica comunicado da organização solidária francesa criada em 1991.

Eusebio Leal “desenvolveu um imenso trabalho, com um amor infinito por sua cidade, para devolver ao coração histórico de Havana seu esplendor de outrora sem jamais momificá-lo”, aponta o texto.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up