Presidente cubano destaca defesa de Fidel à educação

Havana, 17 de agosto (RHC).- O presidente Miguel Díaz-Canel destacou que o líder histórico da Revolução, Fidel Castro, sempre defendeu o direito das pessoas à educação. No Twitter, postou trecho de seu discurso na Plenária Operária de Educação, em 16 de agosto de 1961.

“Uma Revolução não pode ser concebida sem educação, um futuro esplendoroso para a nação cubana não pode ser concebido sem educação, uma melhoria em todos os aspectos da vida não pode ser concebida sem educação”, expressou Fidel.

A Campanha Nacional de Alfabetização, realizada naquela época, permitiu declarar Cuba primeiro território da América Latina livre de analfabetismo, o que se somou ao estabelecimento de um sistema de ensino gratuito e com acesso universal desde a etapa primária até a universidade.

Por sua vez, o ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez, ressaltou a postura do líder cubano contra a corrida armamentista e as ameaças à vida no planeta.

No Twitter, postou um pensamento de Fidel Castro a respeito de que mais do que armas, os povos precisam ideias: “A mudança de um tipo de mundo global, desumano, insustentável, que ameaça a vida do planeta, por uma ordem social justa e humanitária que ofereça à humanidade uma oportunidade de sobreviver”.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up