Cubanos lembram vítimas do terrorismo de Estado

Havana, 6 de outubro (RHC).- Neste seis de outubro, os cubanos lembram o atentado à bomba que derrubou uma aeronave civil com 73 pessoas à bordo logo após decolar do terminal aéreo de Barbados, em 1976. Todos faleceram. A ação foi concebida e executada por indivíduos à serviço da CIA – Agência Central de Inteligência dos EUA.

Para recordar a tragédia, esta data foi instituída em Cuba como Dia das Vítimas do Terrorismo de Estado para prestar homenagem aos mais de 3.400 mortos em consequência desses crimes de lesa humanidade.

Os dois principais organizadores do atentado, Luis Posada Carriles e Orlando Bosch, faleceram anos depois em Miami, na Flórida, onde viviam em plena liberdade sob o amparo das autoridades dos EUA.

Recentemente, a embaixada cubana em Washington foi atacada a tiros de fuzil por uma pessoa que foi detida pela polícia. Até agora o governo norte-americano não fez nenhuma declaração oficial condenando o fato.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up