Primeiro vice-presidente cubano ressalta figura de Hugo Chávez

Havana, 29 de julho (RHC).- O primeiro vice-presidente cubano, Miguel Díaz Canel, ressaltou a figura do falecido chefe de Estado venezuelano, Hugo Chávez, por ocasião do 60º aniversário do seu natalício, e disse que será uma fonte eterna de inspiração para continuar defendendo a soberania, os valores e a história da América Latina e o Caribe.

Ao falar no ato pela data, em Caracas, Díaz Canel disse que Chávez foi um exemplo “de entrega à luta revolucionária, de amor excepcional pelo seu povo, e de vontade e coragem inquebrantáveis”. “Sua origem humilde e camponesa, sua formação militar, sensibilidade, disciplina e vontade inquebrantáveis, a paixão pela história, a música, a poesia e o esporte, configuraram a personalidade e caráter incorruptível de um verdadeiro líder revolucionário”, apontou o alto dirigente cubano.

Díaz Canel indicou que Hugo Chávez conhecia como ninguém o coração do seu povo, e foi capaz de impulsionar uma época de mudanças no continente. Mencionou a contribuição do líder venezuelano à criação da CELAC, Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos, e da ALBA, Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América.

“Os resultados extraordinários da ALBA como resultado da vontade dos nossos líderes e da visão estratégica excepcional de Chávez e Fidel Castro confirmam que a solidariedade e a irmandade entre os nossos povos e governos são, e serão sempre, as armas mais efetivas para enfrentar as ameaças e agressões dos nossos poderosos inimigos”, afirmou o primeiro vice-presidente cubano.

“A voz dos povos se ergue mais nítida e potente que nunca. Hoje são nossos povos os protagonistas da história e ninguém poderá deter a marcha soberana que empreenderam rumo ao futuro”, sublinhou Miguel Díaz Canel no ato realizado na capital venezuelana pelos 60 anos do nascimento de Hugo Chávez.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up