Os Cinco recebem condição de Membros de Honra da UNEAC

Havana, 28 de abril (RHC).- Os cinco cubanos que estiveram presos mais de 15 anos nos EUA por lutarem contra o terrorismo receberam a condição de Membros de Honra da UNEAC, União Nacional de Escritores e Artistas de Cuba.

A cerimônia decorreu na abertura da reunião do Conselho Nacional da entidade, em Havana. Gerardo Hernández, Ramón Labañino, Antonio Guerrero, Fernando González e René González, foram prestigiados por sua postura ao defender Cuba das ações de grupos de extrema-direita radicados na Flórida.

Ao agradecer o gesto da UNEAC, Antonio disse que a cultura sempre será o que definirá o futuro do projeto social no país, e foi a que os salvou nos momentos mais difíceis no cárcere. Graças à cultura, puderam alcançar dentro das prisões a liberdade, sublinhou.

No encontro da executiva da entidade estava o primeiro vice-presidente cubano, Miguel Díaz Canel, que exortou a enfrentar a plataforma de reimplantação do capitalismo e o neoliberalismo em Cuba. Disse que através da cultura é possível orientar as condutas de resistência rumo ao crescimento e desenvolvimento econômico e espiritual.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up