Santiago de Cuba presta homenagem a seus mártires

Havana, 30 de julho (RHC).- A população de Santiago de Cuba prestou homenagem aos que tombaram nas lutas pela liberdade e soberania nacional, no marco do Dia dos Mártires da Revolução, comemorado nesta quinta-feira. Santiago é a única do país prestigiada com a condição de Cidade Heroica.

Foram colocadas flores em lugares históricos, entre eles o Callejón del Muro, onde em 30 de julho de 1957 agentes da então ditadura de Fulgencio Batista assassinaram o jovem revolucionário Frank País, e em San Germán, onde tombou Raúl Pujol. Frank, com apenas 23 anos de idade, era chefe de Ação e Sabotagem do Movimento 26 de Julho, e comandava a retaguarda de apoio à guerrilha que operava nas montanhas da Serra Maestra sob a liderança de Fidel Castro.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up