CEPAL denuncia prejuízos do bloqueio norte-americano a Cuba

Havana, 5 de agosto (RHC).- A CEPAL, Comissão Econômica da ONU para América Latina e o Caribe, denunciou os prejuízos ocasionados a Cuba pelo bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA desde o começo dos anos 60.

Alicia Bárcena, secretária-executiva do organismo regional, disse que essa medida arbitrária representou um freio para a economia cubana nas últimas décadas. O país deixou de receber 117 bilhões de dólares de lucros por causa das restrições do bloqueio. Bárcena apontou, também, para o aumento dos custos financeiros, e assinalou que o reatamento das relações diplomáticas entre os dois países terá um impacto positivo no futuro, ao lembrar que hoje o bloqueio ainda está vigente.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up