Brigada médica cubana em Moçambique atendeu mais de 20 mil danificados pelo furacão Idai

Havana, 17 de maio (RHC).- A brigada médica cubana que chegou a Moçambique há 40 dias para atender os danificados pelo furacão Idai prestou 20 mil consultas e fez 260 cirurgias neste período.

A informação foi dada no Twitter pelo chanceler Bruno Rodríguez, que evocou uma frase do líder histórico Fidel Castro em torno de que os cubanos praticam a solidariedade com fatos, e não com belas palavras. O grupo é integrado por especialistas em medicina geral, cirurgia, pediatria e ginecologia, entre outras modalidades.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up