Cuba denuncia que bloqueio norte-americano afeta saúde da população

Havana, 21 de setembro (RHC).- Cuba denunciou que o bloqueio norte-americano, vigente há quase seis décadas, afeta a saúde da população. De abril de 2018 a março deste ano ocasionou prejuízos de mais de 104 milhões de dólares nesse setor.

O montante aparece no projeto de resolução a ser apresentado e votado na Assembleia Geral da ONU em outubro, intitulado “Necessidade de pôr fim ao bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos da América a Cuba”.

O documento foi apresentado ontem em Havana pelo ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez. Menciona casos concretos em que o cerco tem efeitos negativos na saúde dos cubanos e fornece detalhes do seu caráter extraterritorial, que dificulta a importação de insumos para essa esfera.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up