Vice-Presidente de Cuba denuncia ataques dos EUA contra médicos cubanos

Havana, 11 dezembro (RHC).- A vice-presidente cubana Inês Chapman denunciou no Quênia as calúnias e mentiras do governo dos Estados Unidos contra as missões médicas da Ilha em diferentes nações do mundo.

Ao fazer uso da palavra na 9ª Reunião de Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da Associação de Estados da África, Caribe e Pacífico – ACP - , Chapman denunciou que o nobre e humano trabalho dos profissionais da saúde cubano se viu nos últimos meses manchado pelas falsas acusações lançadas por Washington para desmoralizá-los.

A vice-presidente denunciou na reunião de Cúpula da ACP, no Quênia, que o governo dos EUA lançou campanha de mentiras potencando assim a perseguição, as ações e as declarações cujo propósito é destruir os convênios de saúde entre Cuba e muitos países do Sul.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up