Cuba reitera que coloca a serviço da humanidade seus avanços em saúde pública

2 de abril (RHC).- O ministro cubano do Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro, Rodrigo Malmierca, reiterou que o país coloca a serviço da humanidade seus avanços em termos de saúde pública, incluso os resultados de sua indústria farmacêutica e biotecnológica.

No Twitter, indicou que dessa maneira contribui aos esforços globais para lutar contra a Covid-19. Malmierca respondeu assim a uma mensagem da secretária-executiva da CEPAL – Comissão Econômica para América Latina e Caribe, Alicia Bárcenas.

A alta funcionária da ONU afirmou que a crise gerada pela pandemia encontra esta região com sistemas de saúde fragmentados e sem cobertura universal, e com 47% da população latino-americana e caribenha sem acesso à seguridade social. Apontou que o desafio é enorme e cada país deverá aplicar soluções criativas dentro de suas possibilidades de enfrentar a pandemia.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up