Organização Mundial da Saúde prorroga emergência global pela Covid-19

Havana, 3 de agosto (RHC).- A OMS – Organização Mundial da Saúde prorrogou o estado de emergência sanitária global pela Covid-19, após reunião online do diretor-geral, Tedros Adhanom Ghebreyesus, com os integrantes e assessores do Comitê de Emergências da entidade.

O acordo foi tomado por unanimidade ao considerar que a pandemia continua sendo um problema que gera preocupação mundial. Sugere aos governos fortalecerem as medidas de resposta ao coronavírus e os sistemas de saúde pública, incentivarem a pesquisa científica e lutarem contra a desinformação em torno da enfermidade.

Em Moscou, o ministro russo de Indústria e Comércio, Denis Manturov, garantiu que este ano o país começará a produzir uma vacina própria contra o Sars-Cov2 e continuará exportando equipamentos de ventilação pulmonar.

Por sua vez, o Instituto do Soro da Índia informou que farão nessa nação ensaios clínicos de fase dois e três da vacina britânica Covishield, desenvolvida pela Universidade de Oxford e a companhia farmacêutica AstraZeneca.

O Instituto do Soro é o maior produtor de vacinas do mundo quanto ao número de doses. Os testes em humanos sadios foram autorizados pelo Controlador Geral da Drogas da Índia. O produto está sendo experimentado no Reino Unido, Brasil e África do Sul.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up