OXFAM pede fim do “apartheid” das vacinas antiCovid-19

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2021-04-07 19:05:35

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Havana, 7 de abril (RHC).- A organização internacional OXFAM pediu aos países ricos acabarem com o “apartheid” das vacinas contra a Covid-19, e permitirem a produção em massa de imunizantes mais baratos para garantir a proteção de toda a população mundial.

Enquanto nas nações mais ricas é vacinada uma pessoa a cada segundo, em muitas das mais pobres ainda não foi aplicada nenhuma dose, indica comunicado da entidade.

A OXFAM chamou a investir 650 bilhões de dólares na economia global para ajudar a reverter os efeitos devastadores da pandemia, e destacou os apelos da Índia, África do Sul e a Organização Mundial do Comércio para derrubar o monopólio das grandes transnacionais farmacêuticas em torno das vacinas, facilitando o acesso na situação atual.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
A seguir
  • Inglés
  • Francés
  • Portugués

Mais vistas

up