Irã denuncia na Corte Internacional de Haia sanções unilaterais dos EUA

Havana, 11 de outubro (RHC).- O Irã denunciou na Corte Internacional de Justiça de Haia a expropriação de propriedades de companhias dessa nação nos EUA através do congelamento de fundos bancários.

Mohsen Mohebi, representante iraniano nesse organismo internacional, pediu aos juízes que rechacem os argumentos do governo norte-americano que busca declarar inadmissível o caso. Disse que os EUA pretendem estender a medida a outros países através de pressões sobre o Canadá, Luxemburgo, Reino Unido e Itália para que assumam postura semelhante.

Segundo as autoridades norte-americanos, o dinheiro confiscado seria usado para indenizar as famílias de fuzileiros navais mortos em 1983 num ataque em Beirute, capital do Líbano, e acusam o Irã de ter financiado a ação.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up